Anualmente milhares de estudantes realizam a prova do ENEM. O objetivo maior é conseguir uma bolsa de estudos em instituições públicas e privadas. O governo federal oferece algumas possibilidades para aqueles que conquistarem boas notas no exame. Um exemplo é o SISU, sistema que beneficia os interessados em ingressar em universidades públicas.

Sobre o ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é feito pelo Inep. Aplicado anualmente para os estudantes brasileiros, a prova conta com milhares de inscrições.

Por meio do exame os candidatos são avaliados intelectualmente, com 2 provas de 90 questões cada e uma redação. A nota é média do que foi conquistado nos quatro conteúdos que compõem as provas, mais a dissertação.

Com a pontuação, alunos da rede pública e particular podem se inscrever em outros programas do governo, afim de disputar bolsas de estudo integrais e parciais.

O ENEM é dedicado aos candidatos que vão concluir o ensino médio no ano da prova, ou para aqueles que já se formaram nesse ciclo. Quem não possuí essas características, pode fazer o vestibular como treineiro. Mas a nota não será utilizada.

Conheça o SISU

O Sistema de Seleção Unificada (SISU) é o programa do Ministério da Educação (MEC). O objetivo é selecionar os candidatos interessados em cursos do ensino superior em universidades públicas.

A inscrição SISU acontece no início de cada semestre. O indicado é verificar o cronograma SISU, com as datas especificas para cada período.

Na ocasião, o candidato insere o login e senha que foi criado anteriormente no ENEM. Depois, escolhe duas opções de curso e instituição por ordem de preferência.

Serão selecionados aqueles que obtiverem notas satisfatórias no exame. Lembrando que o processo é classificatório, por isso as notas mais altas têm mais chances.

Nota mínima do ENEM para inscrição no SISU

Na verdade, a única restrição no momento de se inscrever no SISU é ter conquistado nota zero na redação do ENEM. Aqueles que não pontuaram nesse quesito, automaticamente estão eliminados da disputa.

Para os outros cursos, a nota mínima que representa a nota de corte, varia conforme a disponibilidade de vagas na universidade e o número de candidatos inscritos. Quanto maior o interesse dos estudantes, maior é a nota de corte.

O certo é que a classificação é sempre superior que 450 pontos, por tanto abaixo disso é praticamente impossível conseguir uma vaga em alguma universidade.

Os cursos mais disputados têm notas de corte de 800 à 900. Mas, aqueles menos disputados possuem uma pontuação média de 550 à 750. Caso não consiga uma bolsa na primeira chamada, o candidato pode se inscrever na SISU lista de espera e tentar as próximas chamadas.